“BOLSA ATLETA” E PROGRAMA DE APOIO ÀS ESCOLAS DE INICIAÇÃO DESPORTIVAS PODERÃO SER REALIDADES EM 2023

O ministro do Desporto, Carlos Monteiro, prometeu que o Governo vai em 2023 lançar alguns programas, nomeadamente, o “Bolsa Atleta”, que não chegou a ser implementado, e o programa de apoio às escolas de iniciação desportivas.

O governante falava à margem do acto de atribuição de prémios aos praticantes de desportos individuais e colectivos, em regime de alta competição face aos resultados obtidos em competições internacionais em 2019.

Na ocasião, aproveitou a presença das federações desportivas para anunciar o lançamento entre Janeiro e Fevereiro de alguns programas, sendo o primeiro, o programa “Bolsa Atleta”, para financiamento de atletas de alto rendimento e atletas promissores em todas as modalidades, previsto legalmente mas que nunca foi implementado desde 2018.

Além desse, prometeu que o Governo vai lançar o programa de apoio às escolas de iniciação desportivas, de modo que sejam melhor enquadradas a nível legal e técnico.

É que, entende o ministro, é necessário começar definitivamente a dar passos mais firmes e sustentáveis naquilo que é a formação do capital humano, designadamente dos monitores, treinadores e dirigentes.

Para o ano, Carlos Monteiro sublinhou que o Ministério do Desporto pretende continuar com workshops, fóruns e conferências, para se debater o modelo de financiamento do desporto.

No fórum, avançou, será lançado o novo modelo de governança para o desporto em Cabo Verde, que poder-se-á traduzir na fusão de entidades existentes, daí que defendeu, tem que contar com todos os agentes desportivos.

O ano 2023 conforme perspectivou será desafiante, e por isso, lançou ainda o repto às federações que deem o primeiro passo no envio dos seus planos de actividades para 2023, para que possam assinar os contratos programa o mais cedo possível.

Fonte: Inforpress // Ad: Redação Tiver

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *