CASA BRANCA FELICITA OPERAÇÃO MILITAR QUE MATOU LIDER DA AL-QAEDA

Washington congratulou-se com a morte do líder da Al-Qaeda, este fim de semana. Ayman al-Zawahri terá morrido na sequência de um ataque de precisão realizado pela CIA, em Cabul.

Washington congratulou-se com a morte do líder da Al-Qaeda, este fim de semana. Ayman al-Zawahri terá morrido na sequência de um ataque de precisão realizado pela CIA, em Cabul, apesar de o presidente Joe Biden ter ordenado a retirada das tropas norte-americanas no Afeganistão até setembro de 2021.

John Kirby, porta-voz do Conselho Nacional de Segurança da Casa Branca, referiu que “esta ação demonstra que [mesmo] sem as forças americanas no terreno, no Afeganistão e expostas ao perigo, continuamos a ser capazes de identificar e localizar o terrorista mais procurado do mundo e depois agir no sentido de o retirar do campo de batalha”.

Al-Zawahri era procurado há anos pelos serviços secretos norte-americanos, após ter ajudado a coordenar os atentados de 11 de setembro de 2001.

Entre alguns afegãos permanece, no entanto, a dúvida de que o líder da Al-Qaeda se encontrasse em Cabul.

Fonte: Euronews

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.