DETIDO SEGUNDO SUSPEITO DO DESAPARECIMENTO DO JORNALISTA E GUIA NA AMAZÓNIA

A Justiça decretou na noite desta terça-feira, a prisão de mais um suspeito do desaparecimento do indigenista Bruno Pereira e do jornalista Dom Phillips.  Oseney da Costa de Oliveira tem 41 anos e terá sido visto na zona do desaparecimento por duas testemunhas diferentes.

Oseney da Costa de Oliveira tem 41 anos e terá sido visto na zona do desaparecimento por duas testemunhas diferentes. De acordo com a polícia local, Oseney é irmão de Amarildo Oliveira, o primeiro suspeito a ser detido.

O jornalista e o investigador desapareceram na semana passada perto da terra indígena Vale Javari, na floresta da Amazónia. Estariam a trabalhar numa reportagem sobre pesca ilegal e narcotráfico na região.

No domingo, os mergulhadores do corpo de bombeiros do Amazonas encontraram pertences dos dois homens, submersos e amarrados a uma árvore, o que indica que houve intenção de esconder os objetos. 

A polícia está a investigar um possível crime de homicídio qualificado. Os dois suspeitos já terão sido interrogados pelas autoridades locais. Continuam detidos no município de Atalaia, a aguardar julgamento.

Fonte: Euronews

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.