FUTEBOLISTA IRANIANO CONDENADO A 26 ANOS DE PRISÃO

O futebolista iraniano, Amir Nasr Azdani, foi condenado esta segunda-feira a 26 anos de prisão no Irão depois de ter sido acusado pelo tribunal revolucionário de assassinato de três elementos das forças de segurança durante protestos no país.

O futebolista iraniano Amir Nasr Azdani foi condenado a 26 anos de prisão no Irão depois de ter sido acusado pelo tribunal revolucionário de assassinato de três elementos das forças de segurança durante protestos no país.

Outros três cidadãos iranianos foram igualmente acusados de participarem no mesmo crime na cidade de Isfahan, em meados de novembro do ano passado, tendo dois sido condenados à morte e o terceiro a dois anos de cadeia.

O caso judicial contra Azadani provocou fortes críticas em todo o mundo, sobretudo por parte de associações de futebolistas, tendo alguns meios de comunicação social estrangeiros noticiado que tinha sido condenado à morte, em dezembro.

De acordo com agências de notícias iranianas, o futebolista foi condenado a 16 anos de prisão por cumplicidade no assassinato dos três milicianos (basijis), ao que se soma mais cinco anos de cadeia por participação em protesto e dois anos por pertencer, segundo o tribunal do Irão, a grupos ilegais que “perturbam a ordem pública”.

Azadani foi jogador de vários clubes de futebol do Irão nas épocas entre os anos 2016 e 2019, nomeadamente no Tractor Sazi, equipa treinada pelo técnico espanhol Paco Jémez.

Fonte: RTP

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *