JOVEM PROIBIDO DE DEIXAR O SAL POR SUSPEITA DE VIOLAÇÃO SEXUAL

Ficou sujeito à apresentação periódica, proibição de contactar com a alegada vítima, e interdito de sair da ilha do Sal, um jovem de 20 anos, suspeito da prática de violação sexual de uma criança, de forma continuada. 

A detenção foi feita, fora de flagrante delito, pela Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal do Sal (DICS), no decurso do cumprimento de um mandado emitido pelo Ministério Público, na passada sexta-feira,9.

O indivíduo, de 20 anos de idade, foi detido no bairro de Chã de Matias, cidade de Espargos, pela prática de um crime de abuso sexual de criança, com penetração, na sua forma continuada e agravada.

O detido, foi apresentado no sábado, 10, às autoridades judiciárias competentes para o primeiro interrogatório judicial de arguido detido, tendo-lhe sido aplicada, cumulativamente, como medidas de coação pessoal a Apresentação Periódica, Proibição de Contactar com a ofendida e de saída da ilha do Sal.

Fonte: A Nação // Ad: Redação Tiver

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *