TRIBUNAL SOLTA ASSASSINOS DE ZENIRA GOMES

O Tribunal da Praia, mandou colocar em liberdade os dois homens suspeitos do crime de homicídio da jovem Zenira Gomes, natural da ilha do Sal, ocorrido em julho de 2021 quando a vítima se encontrava na capital do País em período de férias. 

Segundo informações avançadas, falhas processuais terão ditado esta decisão, uma vez que a acusação não terá sido traduzida para a língua inglesa. 

 “A defesa dos arguidos alegou que os mesmos não compreendem a Língua Portuguesa, por isso o coletivo de juízes entendeu anular o despacho de acusação”, contou.  Com isso, esclareceu a mesma fonte, o processo irá seguir os seus trâmites legais, mas com os arguidos, que se encontravam em prisão preventiva, agora em liberdade perante apresentação periódica às autoridades.  

Os dois indivíduos, do sexo masculino, de 32 e 38 anos, sendo um dos quais residente na localidade de Terra Branca, e outro natural dos Estados Unidos da América, com nacionalidade cabo-verdiana, foram detidos em Agosto de 2021, pela Polícia Judiciária.  

São suspeitos da prática de um crime de homicídio agravado e um crime de armas, cometidos no dia 26 de Julho de 2021, tendo como vítima uma jovem de 35 anos, natural da ilha do Sal e que se encontrava de férias na Cidade da Praia.  

O corpo da vítima viria a ser encontrado, três dias depois, a 29 de Julho, na ribanceira de Laranjo, arredores da circular, na capital do País, onde terá sido abandonada, após o cometimento do crime.

Fonte: Santiago Magazine // ad: Redação Tiver

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *