UCRÂNIA E RÚSSIA FAZEM MAIOR TROCA DE PRISIONEIROS

A Rússia e a Ucrânia fizeram esta quarta-feira uma nova troca de prisioneiros, a maior desde o início da guerra. 144 soldados ucranianos foram libertados, 95 deles estiveram na fábrica Azovstal.

A Ucrânia conseguiu repatriar 144 soldados em troca de 144 militares russos. É a maior troca de prisioneiros entre os dois países, desde o início da guerra.

Zelenskyy e a Rússia confirmaram a operação. Os soldados ucranianos já estão em terreno seguro depois de semanas em cativeiro. Chegar, contam, não foi fácil.

“Em toda a viagem, pensava que a operação iria falhar e nós voltaríamos ao cativeiro.” – Soldado ucraniano

Artur Lipka, soldado ucraniano, diz que durante a viagem “foi muito difícil conduzir”, porque temia que a operação falhasse. ” Em toda a viagem, pensava que a operação iria falhar e nós voltaríamos ao cativeiro.”, testemunha. 

De acordo com os serviços secretos da Ucrânia, neste grupo estão incluídos dezenas dos sobreviventes da fábrica Azovstal, em Mariupol. Muitos com ferimentos graves, como pernas amputadas e queimaduras. Os soldados estão a receber cuidados médicos.

Fonte: Euronews

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *