2000 FAMÍLIAS POBRES VÃO BENEFICIAR DA PENSÃO SOCIAL

Cerca de 2000 famílias com baixa renda da região Santiago Norte vão beneficiar da pensão social, do regime não contributivo, dos 3.000 que vão ser atribuídos em todo o País no âmbito do Orçamento do Estado para 2023. O governante afirma que o OE 2023, traz consigo, uma novidade no que tange ao aumento das famílias beneficiadas.

O anúncio foi feito pelo ministro da Família, Inclusão e Desenvolvimento Social, Fernando Elísio Freire, em declarações à imprensa, no final da visita que realizou na manhã de hoje ao município de São Salvador do Mundo, no interior de Santiago, para se inteirar da implementação do Projecto Inclusão Produtiva.

O governante aproveitou a sua estada para socializar e anunciar as medidas sociais contempladas no OE ́ 2023, que irão beneficiar directamente as famílias mais vulneráveis, com destaque o aumento do número de pensionistas do regime não contributivo, ou seja, 3.000 novos beneficiários. Segundo Fernando Elísio Freire, o orçamento de Estado para 2023 traz consigo uma novidade:

Conforme explica, a inclusão dos 3.000 novos pensionistas no regime não contributivo, vai resolver todas as pendências em todo Cabo Verde”, acrescentando que a pensão social vai ser atribuída às pessoas com mais de 60 anos que não têm nenhum tipo de rendimento ou prestação social, às pessoas com deficiência e às crianças das famílias sem condições económicas.

Por isso, acrescentou que com tal medida o Governo vai conseguir tirar da extrema pobreza 1.287 famílias, representando mais de 40 por cento (%) do global das 3.000 pensões que vão atribuir em 2023 em todo o País.

Fonte: Inforpress // Ad: Redação Tiver

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *