500 ANOS DA DIOCESE DE SANTIAGO DE CV

Cabo Verde prepara-se para a abertura do decénio das celebrações dos 500 anos da criação da Diocese de Santiago de Cabo Verde e dos 30 da Diocese de Mindelo. Às celebrações vão decorrer sob o lema “Diocese de Santiago de Cabo Verde, 500 anos de uma Igreja Consciente e Missionária”.

A Igreja Católica cabo-verdiana está a preparar-se para a abertura do Decénio Jubilar, que vai acontecer no dia 29 de janeiro, na Cidade Velha, concelho da Ribeira Grande de Santiago, em comemoração dos 500 anos da Diocese de Santiago.

O programa de abertura, foi apresentada hoje, pelo gestor do projeto celebração dos 500 anos, Pedro Moreira. Na ocasião Dom Arlindo Cardeal Furtado, aproveitou para recortar os impactos que essa igreja teve e tem para a sociedade cabo-verdiana.

Questionado sobre as polémicas que têm envolvido as igrejas católicas no mundo, Dom Arlindo Furtado, foi um pouco evasivo na sua resposta.

De lembrar que o tema geral do projeto é Diocese de Santiago de Cabo Verde, 500 anos de uma Igreja Consciente e Missionária”, e o global é “Ide ensinai…eu estarei sempre convosco”, tendo como objetivo geral contribuir para o fortalecimento de uma igreja de discípulos missionários que conhece, assume e vive com gratidão e paixão a sua história, projetando futuro de esperança.

Redação Tiver

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *