“A FINLÂNDIA DEVE ADERIR À NATO SEM DEMORA”

Pela primeira vez, sem quaisquer rodeios, a Finlândia admite vontade de aderir à NATO. O presidente e a primeira-ministra finlandeses afirmaram, esta quinta-feira, que o país se deve candidatar a uma adesão à, o mais cedo possível.

Sauli Niinistö e Sanna Marin emitiram um comunicado conjunto em que reconhecem que a entrada na Aliança do Atlântico Norte irá fortalecer a segurança da Finlândia.

“Durante esta Primavera, teve lugar um importante debate sobre a possível adesão da Finlândia à NATO. Foi necessário tempo para deixar o Parlamento e toda a sociedade definirem as suas posições sobre o assunto. Foi necessário tempo para contactos internacionais estreitos com a NATO e os seus países membros, bem como com a Suécia. Queríamos dar ao debate o espaço de que este necessitava.”

“Agora que o momento da tomada de decisões está próximo, declaramos as nossas opiniões em pé de igualdade, também para informação dos grupos e partidos parlamentares. A adesão à NATO reforçaria a segurança da Finlândia. Como membro da NATO, a Finlândia reforçaria toda a aliança de defesa. A Finlândia deve candidatar-se à adesão à NATO sem demora. Esperamos que as medidas nacionais ainda necessárias para tomar esta decisão sejam tomadas rapidamente dentro dos próximos dias.” – Sauli Niinistö e Sanna Marin Presidente e Primeira-ministra da Finlândia

Fonte: Euronews

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.