BORIS JOHNSON ENFRENTA MOÇÃO DE CENSURA

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, vai ser sujeito esta segunda-feira à tarde a uma moção de censura no Partido Conservador, após dezenas de deputados terem manifestado descontentamento.

O primeiro-ministro britânico Boris Johnson será sujeito a uma moção de censura, esta segunda-feira, depois de o Partido Conservador ter recebido cartas suficientes para desencadear a votação, anunciou o partido.

O presidente do chamado Comité 1922 (que agrupa os deputados conservadores sem pasta), Graham Brady, confirmou que um número suficiente de deputados solicitou a votação.

Se Johnson perder a votação entre os 359 parlamentares do partido, será substituído como líder conservador e primeiro-ministro. Se ganhar, estará a salvo e não poderá ser alvo de nova moção de censura durante um ano.

Johnson tem lutado para virar uma página sobre meses de escândalos éticos, sobretudo sobre com a quebra de regras de combate à pandemia de Covid-19 em festas nos edifícios do governo durante os períodos de confinamento.

Fonte: Euronews

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.