PARTIDO DA RENOVAÇÃO SOCIAL VAI INTEGRAR PRÓXIMO EXECUTIVO

O Partido da Renovação Social, PRS, vai fazer parte do próximo governo de iniciativa do Presidente da Guiné-Bissau, Umaro Sissoco Embaló. A decisão é uma das conclusões da reunião da Comissão Política do PRS, realizada hoje em Bissau.

Ainda continua nos segredos dos deuses a formação do governo de iniciativa presidencial, três semanas desde a dissolução do parlamento e queda do executivo.

O Presidente, Umaro Sissoco Embaló, que este sábado, 04 de junho, regressou a Bissau, depois de participar na cimeira da CEDEAO, no Gana, continua em contactos com os partidos para a formação do novo governo.

Hoje, o Partido da Renovação Social, PRS, esteve reunido na sua comissão política para avaliar se vai ou não integrar o próximo executivo.

O novo porta-voz do PRS, Raimundo Yalá, disse sem rodeios que o partido vai fazer parte do governo.

“Como sabe, o PRS é o partido que está e sempre esteve ao lado do Presidente da República. Foi convidado formalmente pelo Presidente da República para integrar o governo. À partida, há condições, por isso mesmo é que a Comissão Política mandatou a Direcção Superior para iniciar os contactos com o Presidente da República em vista à integração do governo”, referiu.

Fontes do PRS indicaram à RFI que o Presidente Embaló poderá publicar o decreto a anunciar o novo governo hoje à noite ou na segunda-feira.

Fonte: Rfi

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.