COMPRA DE 40% DO CAPITAL SOCIAL DA AEB

A empresa pública Água e Energia da Boavista, decidiu-se estrategicamente adquirir os remanescentes 40% de acções e enquadrar a empresa no plano de reestruturação das empresas públicas do sector energético e de água, de modo a torná-la mais competitiva.

Procedeu-se, por despacho conjunto do Ministro das Finanças e do Fomento Empresarial e do Ministro da Indústria, Comércio e Energia, com a criação de uma equipa constituída por técnicos dos dois Ministérios, para negociar a aquisição de 40% de acções da empresa, com suporte na avaliação independente da empresa e no estudo sobre a viabilidade da aquisição, feitos em cumprimento das exigências legais.

De realçar que, o processo global de Reforma do Mercado Energético, identificado como um dos eixos estratégicos do Programa Nacional de Sustentabilidade Energética, agora reforçado no Programa de Governo para o VIII Governo Constitucional da República de Cabo Verde, pretende implementar um novo figurino de estrutura organizacional do sector eléctrico.

Concluído o processo negocial e com base na aprovação de um relatório elaborado pela referida equipa negocial, foi efectivada a compra das acções no presente mês, criando as condições para avançar com uma importante vertente da mencionada Reforma do Mercado Energético, com importantes ganhos em termos de eficiência da previsão de serviços energéticos e de abastecimento da água na Ilha da Boavista, condição indispensável para a evolução da actividade industrial e do turismo, e com ganhos importantes para a população residente.

Fonte: Governo // Redação Tiver

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.