DEZENAS DE “PEIXES-SAPO” FORAM APREENDIDAS EM SN

Em São Nicolau, foram apreendidas algumas dezenas de peixes do género Lagocephalus, mais conhecido por “peixe-sapo”, uma espécie proibida ao consumo humano, por ser “tóxica e venenosa”, e cuja comercialização é proibida em Cabo Verde.

Em declarações à Inforpress, a bióloga Heidy Medina avançou que a apreensão foi feita numa embarcação de pesca de rede no cais do Tarrafal depois de se terem sido accionadas as autoridades.

Segundo a mesma, não se sabe “a quantidade exacta que foi capturada”, uma vez que quando as autoridades chegaram ao local algumas pessoas já tinham levado alguma quantidade do pescado para casa.

“Por isso alertamos a população que o peixe tem uma toxina venenosa pelo que não aconselhamos o seu consumo e nem o seu manuseio e para que quem o tenha em casa o descarte”, alertou.

A mesma fonte avançou ainda que alguns peixes desta espécie deram à costa, principalmente na praia conhecida como Praianha, pelo “as autoridades estão no terreno” a constatar se também chegaram a outras praias do município, e de forma a fazer a sua recolha, evitando riscos para a saúde.

A bióloga lembrou ainda que, além de perigoso se consumida pelos humanos, o “peixe-sapo” em grande quantidade numa área pode causar danos à fauna local.

Fonte: Inforpress // Ad: Redação Tiver

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *