EUA ANUNCIA AJUDA DE US$ 100 MILHÕES À UCRÂNIA

O secretário de Estado americano, Antony Blinken, anunciou nesta terça-feira, o envio de mais US$ 100 milhões em ajuda militar à Ucrânia, após relatos de assassinatos, tortura e outros abusos cometidos por forças russas invasoras na cidade de Bucha, perto de Kiev, e outras regiões. 

O secretário de Estado americano destacou, em um comunicado divulgado nesta quarta-feira, a necessidade urgente na Ucrânia “de sistemas de blindagem adicionais”. Blinken acrescentou que “o mundo ficou chocado e horrorizado com as atrocidades cometidas pelas forças russas em Bucha e em toda a Ucrânia”.

“O que vimos em Bucha não é um ato isolado de uma unidade solitária. É uma campanha deliberada para matar, torturar, estuprar, cometer atrocidades”, declarou o secretário de Estado americano, Antony Blinken.

Em um outro comunicado, o porta-voz do Pentágono, John Kirby, disse que os ucranianos têm usado “mísseis portáteis de forma muito eficaz para defender seu país”, mas precisam dos sistemas adicionais mencionados por Blinken. Em 1º de Abril, o Pentágono anunciou mais US$ 300 milhões em assistência militar.

De acordo com Kirby, a última parcela de ajuda militar dos EUA atingiu “mais de US$ 1,7 milhão desde o início da invasão premeditada e não provocada da Rússia, em 24 de Fevereiro”, o que totaliza mais de US$ 2,4 milhões desde o início do mandato do presidente americano, Joe Biden.

Fonte: Rfi

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.