EX-SECRETÁRIA DE UM CAMPO NAZI CONDENADA AOS 97 ANOS

Uma antiga secretária de um campo de concentração foi condenada esta terça-feira a dois anos de prisão, com pena suspensa, por um tribunal, na Alemanhanum dos últimos processos da época nazi.

Irmgard Furchner, de 97 anos, foi considerada culpada de cumplicidade de mortes em mais de 10 mil casos no campo de concentração de Stutthof, localizado na atual Polónia.

A antiga funcionária do regime nazi foi acusada num julgamento iniciado em setembro de 2021, no tribunal de Itzehoe, no norte da Alemanha.

De acordo com um porta-voz do tribunal, a arguida disse lamentar o que aconteceu e ter estado lá na altura.

Os advogados pediram para a sua cliente ser absolvida, alegando que, pelo facto de estar presente, não tinha necessariamente de saber das atrocidades cometidas.

A defesa também argumentou que as provas não tinham demonstrado, sem margem para dúvidas, que Furchner sabia das mortes sistemáticas no campo, o que significava que não havia provas de intenção, tal como exigido para a responsabilidade criminal.

O procurador considerou que Irmgard Furchner teria podido ver do seu gabinete grandes partes do campo, incluindo uma área onde chegavam novos prisioneiros, e também deve ter podido ver e cheirar o fumo proveniente da queima de corpos no crematório.

Fonte: Euronews

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *