JPD REPUDIA ACUSAÇÕES DA JPAI SOBRE SITUAÇÃO HABITACIONAL JOVEM

A JPAI, acusou na semana passada, o governo de pôr em causa o sonho da habitação própria à juventude cabo-verdiana. Perante essa acusação a JPD, defendeu o governo liderado por Ulisses Correia e Silva, de criar medidas de realizar sonho de casa própria, e criticou o PAICV de retirar aos jovens o acesso a créditos à habitação com juros bonificados.

De acordo com a JPD, o governo do PAICV retirou dos jovens cabo-verdianos, o acesso a créditos de habitação com juros bonificados, e com a liderança do MpD, foram tomadas medidas para resolver essa situação.

“O Governo do MpD, ao assumir o poder, tomou medidas rápidas para resolver esta situação, com os bancos nacionais e retomar a bonificação das taxas de juros, cumprindo assim, o compromisso estabelecido no seu programa governamental e possibilitando que os jovens realizem o sonho da casa própria.

Hoje, o governo continua empenhado em promover o acesso à habitação para todos os jovens, aumentando a bonificação de 5 para 7%, a idade de elegibilidade de 30 para 35 anos, permitindo que mais jovens possam ser contemplados. Sendo que, no previstos no Orçamento Geral do Estado para 2024, está alocado cerca de 195 milhões de escudos como incentivos aos jovens que queiram adquirir habitação própria”. – Secretário Geral Da JPD

O secretário geral, assegurou também, que o programa Casa para Todos, não serviu à juventude, uma vez que tinha dívida avultada, mas que o governo do MpD atribuiu parte dessas habitações a jovens, mediante a renda.

“A JPAI elogia o programa Casa Para Todos, mas esquece que deixou uma dívida avultada ao país e não serviu à juventude, pois os jovens não puderam beneficiar dessas habitações devido aos preços exorbitantes a que eram vendidas. O Governo do MpD herdou este problema e encontrou rapidamente uma solução, atribuindo boa parte dessas habitações a jovens mediante rendas acessíveis, permitindo que vários jovens realizem o sonho da casa própria. O Governo optou também por classificar boa parte dessas habitações como de interesse social, possibilitando que várias famílias de baixa renda tenham acesso a uma habitação digna”. – Secretário Geral Da JPD

Líver Gomes avançou queo governo tem em andamento um programa de construção de habitação nas diferentes ilha de Cabo Verde, com o objetivo de diminuir o deficit habitacional.

“Hoje, graças ao Cadastro Social Único, temos um levantamento das principais necessidades e estamos a resolver o problema com base nas prioridades identificadas pelos instrumentos científicos que muito têm ajudado na governação. De Santo Antão à Brava estão em andamento programas habitacionais para servir a juventude Cabo-Verdiana”. – Secretário Geral Da JPD

Líver Gomes, aproveitou a ocasião para lançar um repto a todas as Câmaras Municipais do país, no sentido de adotarem programas de atribuição de terrenos aos jovens, com preços baixos e em áreas que requerer menos recursos na construção, uma vez que com esta medida, várias construções clandestinas serão evitadas e os jovens poderão planear melhor os seus investimentos.

Redação Tiver  

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *