TRIBUNAL DA BRAVA DECRETA PRISÃO PREVENTIVA A TRÊS INDIVÍDUOS

O Tribunal da Comarca da Brava aplicou prisão preventiva a três indivíduos suspeitos de vários furtos a residências ocorridos nestes últimos meses. A Polícia Nacional pede tranquilidade da população e encoraja a denúncia dos mesmos, sempre que houver casos do tipo e não só.

Conforme uma fonte policial, através de denúncias a detenção, fora de flagrante delito, foi feita no cumprimento de um mandado solicitado pela própria Polícia Nacional.

“No cumprimento do mandado de busca e apreensão nas residências dos suspeitos, foram apreendidos uma certa quantia em dinheiro, entre dólar e escudos, dois telemóveis, várias peças de vestuários, perfumes, entre outros pertences”, informou.

Os indivíduos, todos do sexo masculino, com idade compreendida entre 19 e 20 anos, residentes em Nova Sintra, foram detidos na quinta-feira, 22, por vários crimes de furto a residências, ocorridos nos últimos dias nas localidades de Cruz Grande e Cruz das Almas, na cidade de Nova Sintra.

Os detidos, segundo a mesma fonte, foram apresentados esta sexta-feira, 23, ao Tribunal da Comarca da Brava para efeito de primeiro interrogatório judicial dos arguidos detidos e aplicação de medida de coacção pessoal, tendo-lhes sido aplicada a prisão preventiva.

A Polícia Nacional pede tranquilidade da população e encoraja a denúncia dos mesmos, sempre que houver casos do tipo e não só.

Fonte: PN // ad: Tiver

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *