NASA DIZ TER DESATIVADO UM PEQUENO ASTEROIDE DA SUA ROTA

A NASA divulgou os resultados e imagens do teste, realizado há duas semanas, para aferir a eficácia do sistema criado para evitar a colisão de asteroides com a Terra. 

A missão DART decorreu como planeado tendo-se “alterado a órbita da lua Dimorphos em torno do seu asteróide Didymos”, como explicava Lori Glaze, diretora da Divisão de Ciências Planetárias da NASA. Conseguiu-se desviar um pequeno asteroide – que não representava qualquer ameaça – da sua rota, o que representa mais um feito histórico para a Humanidade.

Nas redes sociais, a vice-presidente dos EUA, Kamala Harris, dava os parabéns à NASA e à sua equipa por conseguirem, pela primeira vez, alterar “o movimento de um corpo celeste no espaço”, uma demonstração de que a tecnologia poderá, “um dia, ser utilizada para proteger a Terra”.

O asteroide Didymos (de 780 metros de diâmetro) e a sua lua Dimorphos (de 160 metros) estão a cerca de 11,5 milhões de quilómetros da Terra, suficientemente longe para não constituírem qualquer ameaça.

Fonte: Euronews

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *