SELEÇÃO NACIONAL INTENSIFICA TREINOS EM ANGOLA

A selecção cabo-verdiana de basquetebol masculina já se encontra em Angola, onde vai participar num torneio internacional em Benguela em preparação para a segunda fase do torneio de qualificação para o Mundial’2023.

O evento, segundo o selecionador de Cabo Verde da modalidade, Emanuel Trovoada, enquadra-se no programa de preparação dos Tubarões Azuis (nome como é conhecida a selecção nacional) para a segunda janela de qualificação para o Mundial de 2023.

Trovoada vê neste torneio de Angola, no qual Cabo Verde participa ao convite da Federação Angolana de Basquetebol, uma grande chance para preparar o coletivo para os próximos embates, pois vai ter de enfrentar as seleções nacionais de Angola (A e B) e a congénere de Moçambique.

Cabo Verde chega a Angola desfalcada de alguns jogadores influentes, como Edy Tavares (Real Madrid, Espanha), Ivan Almeida (Benfica, Portugal), Anderson Correia (Petro de Luanda, Angola) entre outros, pelo que Mané quer aproveitar esta deslocação para dar oportunidade a novos atletas, no âmbito do processo da renovação do conjunto.

Cabo Verde conta nesta deslocação com 12 convocados, dos quais dois residentes Fidel Mendonça e White, e 10 provenientes da diáspora.

Segundo os planos da federação nacional da modalidade, terminado este torneio internacional de Benguela, a selecção vai permanecer no solo angolano, onde espera já contar com reforços como Edy Tavares e Ivan Almeida, já que vai intensificar os trabalhos para a segunda fase de qualificação para o Mundial, em Julho, no Ruanda.

Cabo Verde partilha o Grupo A da segunda fase africana de qualificação para o Mundial de 2023 com os combinados da Nigéria, do Ruanda e do Mali.

Fonte: Inforpress // Ad: Redação Tiver

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.