SUBCHEFE DA PN SOB SUSPEITA DE CRIMES DE VBG

O Tribunal da Praia aplicou proibição de permanência na casa de morada de família, proibição de contacto e aproximação da vítima e apresentação periódicas às autoridades a um sub-chefe da Polícia Nacional, após suspeita de crime de VBG.

O Ministério Público explicou que no âmbito da investigação de um auto de instrução, registado na Procuradoria da República da Comarca da Praia, ordenou a detenção, fora de flagrante delito, deste elemento da PN, de 55 anos.

Indiciado da prática de um crime de violência baseada no género na forma agravada, foram aplicadas ao individuo em causa as medidas de proibição de permanência na casa de morada de família, proibição de contacto e aproximação da vítima e apresentação periódicas às autoridades.

Fonte: A Nação // Redação Tiver

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *