TRIBUNAL AFASTA POLICARPO CARVALHO DA CASA DA FAMILIA POR VBG

O tribunal da Praia aplicou as medidas de coação de proibição de permanência na casa de morada de família, proibição de contacto e aproximação da vítima e apresentação periódicas às autoridades ao presidente da Rádio e Televisão de Cabo Verde

Policarpo Carvalho foi detido na quinta-feira, 12, por elementos da Polícia Nacional, indiciado de crime de Violência Baseada no Género.

Segundo uma fonte judicial, Policarpo Carvalho, que foi presente no último sábado ao tribunal, está a ser indiciado pela prática de três crimes de violência baseada no género agravado.

A Polícia Nacional terá surpreendido Policarpo Carvalho na sua residência, em Palmarejo, no cumprimento de um mandado de detenção emitido pelo Ministério Público.

Segundo as fontes do Santiago Magazine, o Ministério Público terá ordenado a detenção de Policarpo Carvalho na sequência de uma denúncia feita por familiares e pessoas próximas da esposa, e passou a noite da Esquadra de Investigação Criminal da Polícia Nacional, situada na Prainha, devendo ser presente ao Tribunal nas próximas 48 horas para a legalização da prisão.

A crer nas nossas fontes, o Presidente da RTC chegou recentemente de uma viagem com a esposa, durante a qual terá agredido a companheira. E foram os familiares da esposa a procurarem as autoridades para denunciar Carvalho, que acabaria detido pela Polícia Nacional e conduzido aos calabouços.

Por um lado, Ulisses Correia e Silva que falava no noticario das 13 horas na radio de CV, disse que o cargo público não combina com prática de crimes de vbg, mas é conselho independente de rtc ki ta decide exoneração de pca.

Por outo lado, o presidente do Conselho independente da RTC disse que o conselho independente vai reunir nas  próximas horas para emitir uma posição. 

Fonte: Santiago Magazine // Ad: Redação Tiver 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *