UFR ADIA VOTAÇÃO PARA DECIDIR SAIR DA UEFA

A União de Futebol da Rússia (UFR) adiou esta terça-feira a votação para decidir se opta por deixar de integrar a UEFA e passa a competir na Confederação Asiática de Futebol (AFC), que deverá realizar-se até final deste ano.

“O adiamento está relacionado com a necessidade de consultas adicionais sobre o eventual ingresso da Rússia na AFC, a votação deverá realizar-se até 31 de dezembro”, refere um comunicado divulgado esta terça-feira pela UFR.

A comissão executiva da UFR tinha previsto tomar esta terça-feira uma decisão definitiva sobre o possível ingresso na AFC, solução que segundo o seu presidente, Alexandr Diukov, é a única que permite à seleção do país disputar a qualificação para o Mundial 2026.

O futebol russo está excluído de todas as competições internacionais devido à guerra na Ucrânia, tendo a seleção principal sido afastada do Mundial 2022, no Qatar.

Segundo Diukov, “a grande maioria dos clubes” russos apoia a mudança para a AFC, até porque a UEFA, organismo que rege o futebol europeu, vai manter as sanções ao futebol russo enquanto dura o conflito na Ucrânia.

“Não vemos a luz no fim do túnel. Neste momento, a AFC está disposta a aceitar-nos. Até agora, ninguém esteve disposto a dar-nos uma garantia por escrito, mas eles estão dispostos a estudar a nossa candidatura. A possibilidade de que eles nos aceitem é mais do que alta”, salientou Diukov, acrescentando que sabe que a FIFA “não se vai opor” à mudança para a AFC.

O Kremlin vê com bons olhos a troca da UEFA pela AFC e a maioria dos clubes russos também já manifestaram estar de acordo com a mudança.

A seleção russa fez o seu último jogo oficial há um ano, quando perdeu com a Croácia, derrota que a condenou ao play-off do Mundial, que nunca chegou a disputar devido à invasão militar na Ucrânia.

Desde então, a equipa comandada por Valeri Karpin só conseguiu realizar três jogos particulares contra seleções da Ásia Central desde setembro: Quirguistão, Tadjiquistão e Uzbequistão.

Fonte: SIC Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *