ACLCVBG PROMOVE SESSÃO DE CAPACITAÇÃO SOBRE VBG

A ACLCVBG, em parceria com o Instituto Cabo-verdiano para a Igualdade e Equidade de Género (ICIEG), vai dar continuidade à realização das Sessões de Capacitação a nível nacional, envolvendo desta vez as localidades de Praia e São Domingos, nos dias 19 e 20 de Abril, no Auditório do Centro Cultural Português, na Praia.

A ACLCVBG, em parceria com a algumas instituições nacionais e internacionais, concebeu o projecto “Djuntu pa igualdadi! Uma resposta participativa à violência baseada no género em Cabo Verde”, co-financiado pela União Europeia (UE), com o objectivo de apoiar os principais intervenientes responsáveis pela implementação da Lei VBG e o povo cabo-verdiano em geral na sua luta pela igualdade de género e um futuro melhor para todos os detentores de direitos.

De acordo com a nota enviada à nossa Redacção, a Auditoria Participativa, implementada em todas as ilhas, teve como objectivo recolher informações fidedignas, de forma participativa, quanto à realidade actual e local relativamente à implementação da Lei VBG e sua Regulamentação, especialmente no que concerne à prestação dos serviços públicos, envolvendo OSC na recolha de dados e como informantes chaves contou com: vítimas de VBG; responsáveis pelos serviços públicos (saúde, polícia, educação, justiça, etc.), pelos Centros de Apoio às vítimas e responsáveis pelos Gabinetes de Atendimento às vítimas.


Para a implementação da actividade de forma integrada e visando juntar esforços para uma efectiva implementação da Lei VBG, a ACLCVBG estabeleceu uma parceria com o ICIEG, enquanto instituição responsável pelas políticas públicas relativas à igualdade de género no país.


Também está previsto no âmbito do Projecto, o Reforço das Capacidades dos intervenientes no processo de atendimento às vítimas de VBG, incluindo profissionais da saúde, da polícia, da justiça, da educação, integrantes dos Centros de Apoio às vítimas de VBG, entre outros. Necessidade que ficou também evidenciada com os resultados da Auditoria Participativa.


Fonte: ACLCVBG // Redação Tiver

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.