ELECTRA PERSPECTIVA RESOLUÇÃO DE RUPTURAS EM 2023

O presidente do Conselho de Administração da Electra, Luís Teixeira, admitiu  que a empresa de produção e distribuição de energia tem registado rupturas de materiais, e perspectivou a resolução do problema no ano de 2023.

Luís Teixeira, que falava à imprensa na sequência da inauguração da loja de Achada São Filipe, na cidade da Praia, justificou o problema, que tem provocado alguma demora nas respostas às ligações domiciliárias, com a situação de crise que o país e o mundo vivem e que, conforme indicou, tem levado ao problema de tesouraria na empresa.

No entanto, disse acreditar que em 2023 a empresa poderá ter a situação resolvida e para além de conseguir repor o estoque de matérias, repor também a questão da manutenção das centrais.

O PCA explicou que a Electra tem tido problemas de ruptura de estoque de materiais e de contadores. Neste sentido realça que estão a comprar, em casos de emergência, no mercado nacional, porque no mercado estrangeiro demora muito tempo.

fonte: Inforprress // Ad: Redação tiver

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *