HOMICÍDIO EM SANTA CRUZ: ARGUIDO EM PRISÃO PREVENTIVA

A Procuradoria-Geral da República torna público através de comunicado que o indivíduo que matou outro com arma branca no concelho de Santa Cruz está em prisão preventiva.

Segundo a Procuradoria-geral, depois de tomar conhecimento de que, no dia 3 de julho de 2022, na localidade de Cutelinho, Concelho de Santa Cruz, um individuo de sexo masculino, agrediu, com uma arma branca, um outro individuo também de sexo masculino, de 30 anos de idade, que viria a falecer antes de dar entrada na Delegacia de Saúde local, o Ministério Público ordenou a imediata abertura de instrução.

Com a coadjuvação da Polícia Nacional, o Ministério Público recolheu indícios de factos suscetíveis de integrarem, em abstrato, a prática de um crime de homicídio agravado, em concurso real efetivo com um crime de armas, todos previstos e punidos pela legislação penal cabo-verdiana.

Durante a investigação, esclarece a fonte, foi identificado como suspeito da prática dos factos, um individuo do sexo masculino, de nacionalidade Cabo-verdiana, de 25 anos de idade, ex-imigrante na Europa, e nessa sequência, o Ministério Público ordenou a detenção do mesmo, fora de flagrante delito.

Submetido ao primeiro interrogatório judicial de detido, e em conformidade com o requerimento do Ministério Público, foi aplicado ao arguido como medida de coação – prisão preventiva.

O referido processo, que continua em investigação, permanece em segredo de justiça.

Fonte: Procuradoria-Geral da República // Redação Tiver

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.