NACIONALIDADE GRATUITA PARA DESCENDENTES CABO VERDIANOS

Os descendentes cabo-verdianos em países africanos podem adquirir, a partir hoje até 31 de dezembro deste ano, a nacionalidade cabo Verdiana e de forma gratuita. Esta garantia foi dada pelo Ministro das Comunidades, Jorge Santos, no arranque deste programa.

Jorge Santos deu esta garantia na cidade da Praia, aquando da reunião da comissão interministerial.

Para a aquisição da nacionalidade era preciso gastar pelo menos 5 mil escudos, mas hoje, podem adquiri-la sem gastar quase nada.

A obtenção da nacionalidade terá um grande impacto na vida dos filhos de cabo verdianos, não obstante as dificuldades, diz Jorge Santos.

Até o momento está a ser gerarado um quadro de facilidades, pois segundo o Ministro Jorge Santos o processo será automático através do portal consular de Cabo Verde.

Esta ação será desencadeada em todos os países africanos, começando pela Costa do Marfim, explica Jorge Santos.

Senegal, Guiné Bissau, Costa do Marfim, Angola e Moçambique, são alguns dos países onde vão iniciar as atividades de identificação desses descendentes.

Quanto ao orçamento para isso, precisou Jorge Santos, que é também presidente da comissão interministerial para a atribuição da nacionalidade a descendentes Cabo-verdianos nos países africanos, poderá rondar os 14 mil contos.

Redação Tiver 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *