NOVO PROGRAMA DE REFORMAS ECONÓMICAS E ESTRUTURAIS COM APOIO DO FMI

O Governo de Cabo Verde vai receber do Fundo Monetário Internacional, o montante de aproximadamente 63 Milhões USD, para a implementação do seu novo programa de reformas económicas e estruturais ao abrigo da Facilidade de Crédito Alargado para o período junho de 2022 a junho de 2025.

O novo Programa de Reformas Económicas e Estruturais apoiado pela ECF proporcionará um quadro para a implementação das reformas previstas no Plano Estratégico de Desenvolvimento Sustentável (2022-2026) do Governo, que visa desenvolver um turismo inclusivo, beneficiando todas as ilhas; transformar Cabo Verde num centro de transportes aéreos e num centro internacional de negócios; criar uma plataforma financeira internacional; desenvolver uma plataforma digital para a inovação tecnológica; criar uma zona económica especial para a economia marítima; desenvolver energia das ondas e tecnologias de dessalinização, bem assim apoiar oportunidades de investimento desenvolvidas localmente ou pela Diáspora

O Programa Económico e de Reformas também visa salvaguardar a sustentabilidade da dívida pública e reforçar as finanças públicas; modernizar e reforçar o quadro da política monetária e manter um nível adequado de reservas internacionais; bem como aumentar a resiliência do sistema financeiro; acelerar a reforma das empresas públicas; reforçar os mecanismos existentes para proteger os mais vulneráveis; e alargar as bases para uma melhor resiliência às alterações climáticas, catástrofes naturais, e outros choques exógenos.

Fonte: Governo // Redação Tiver

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.