PREÇO DA  FARINHA VOLTA DESCER

O preço do saco de 50 quilogramas de farinha de trigo,  vendido a 4.600 escudos, passa para 4.100 escudos e com desconto para a indústria panificadora, com o saco a custar 3.936 escudos. Esta descida do custo foi graças a um acordo estabelecido entre o Governo e, MOAVE, a única importadora do trigo no País.

A novidade, com efeitos imediatos, foi avançada no Mindelo, pelo ministro da Agricultura e Ambiente, Gilberto Silva, na sequência de uma visita à Moave, para, segundo a mesma fonte, finalizar um processo de negociação e de articulação institucional entre alguns departamentos do Governo e a empresa.

Para as famílias, ainda, segundo Gilberto Silva, o novo preço do saco de farinha de trigo para panificação representa “uma vantagem” porque deve fazer baixar o preço do pão carcaça, um produto de base para as famílias, alertando, contudo, que tal não depende da Moave nem do Governo, pois em Cabo Verde o preço do pão não é regulado, mas sim o seu peso.

Por isso, continuou, o Governo vai manter-se atento à situação, continuar a analisar e intervir lá onde sempre for necessário para que o País possa assegurar que o sistema alimentar no seu todo seja resiliente e consiga fazer face a este choque internacional.

O ministro enalteceu, por fim, a articulação conseguida entre o Ministério da Agricultura e Ambiente, que coordena a política da segurança alimentar e nutricional de Cabo Verde, o Ministério do Comércio, o Ministério das Finanças e ainda a “boa colaboração” da Moave.

Fonte: Inforpress // Ad: Redação Tiver

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *