PREÇO DO ÓLEO AUMENTA EM MAIS DE 50% NOS ÚLTIMOS DIAS

O preço do óleo alimentar subiu mais de 50% nos últimos dias, conforme informações recolhidas pela Inforpress junto de algumas lojas da Praia e a Inspecção-geral das Actividades Económicas diz que não pode fazer nada.

Conforme relatos de algumas pessoas, ainda esta quarta-feira uma garrafa de óleo estava a ser vendida por 210 escudos e hoje o preço subiu para 320 escudos, havendo inclusive lojas que estão a vender por 350 escudos.

Por exemplo a nossa equipa de reportagem esteve hoje na Loja Finicia no Platô, inicialmente estava 305 mas acabamos por verificar uma descida de 15 escudos.

Questionamos o responsável da loja a razão da descida e disse-nos que é porque a ADEGA também desceu.

Os comerciantes alegam que o aumento do preço é generalizado e que se deve à escassez de produto e o aumento dos preços por venda a grosso.

Por isso a nossa equipa captou algumas reacções dos clientes.

Elisandro afirmou também que houve a subida dos preços passaram também a vender menos, apesar de ser um produto bastante consumido no dia-a-dia.

Nos últimos tempos houve o aumento de preço de forma generalizada em Cabo Verde, decorrente dos aumentos dos preços de importação. Uma situação que poderá complicar-se ainda com a invasão militar da Rússia na Ucrânia, conforme a previsão do economista e consultor Internacional José Agnelo Sanches.

Na semana passada o Governo cabo-verdiano anunciou que vai adoptar medidas para mitigar os impactos dos aumentos dos preços de cereais e outros géneros alimentícios em decorrência da invasão da Ucrânia pela Rússia.

O ministro da Agricultura e Ambiente afirmou que o executivo não pode ficar indiferente e vai tomar medidas para não sufocar ainda mais as populações, sobretudo a franja com maiores vulnerabilidades.

Redação tiver

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.