PRESIDENTE DA REPÚBLICA HOMENAGEIA RAIZ DI POLON

O Presidente da República, José Maria Neves, homenageou ontem, na Cidade da Praia, o grupo e Associação Raiz di Polon, por considerar que representa a “ousadia e ambição” de Cabo Verde.

A homenagem ao grupo, que “expressa um pouco de Cabo Verde de hoje”, segundo o chefe de Estado, aconteceu no Palácio da Presidência, no Dia dos Heróis Nacionais, enquadrada nas actividades da Semana da República, de 13 a 20 de Janeiro.

A homenagem a Raiz di Polon, “um dos mais proeminentes” e internacionais grupos de dança cabo-verdianos, é justificada com o facto de, “em coerência com a importância que esta magistratura pretende dar à cultura” e assente no compromisso assumido pelo Presidente da República, desde a hora zero do seu mandato.

Por sua vez, o líder do Raiz de Polon, Mano Preto, agradeceu a homenagem, gesto que “motiva” o grupo e que vai somar a várias outras homenagens e ao todo carinho que o público cabo-verdiano e do mundo tem para ele.

A pandemia da covid-19 dificultou o trabalho do grupo, mas Mano Preto é categórico em afirmar que não impediu de continuar as aulas, e que só a participação em eventos internacionais que ficou mais reduzido, mas que o grupo foi para algumas cidades da Espanha e de Portugal.

Com 30 anos de existência, completa 31 anos a 14 de Novembro, a companhia de dança contemporânea Raiz di Polon tem feito um notável percurso, com participações em vários festivais internacionais de relevo e inúmeras menções honrosas e distinções, sendo a mais recente o prémio Prestígio, na gala RDP África 25 anos, na categoria dança, em Abril de 2021.

Enquadrada na Semana da República, além da homenagem ao grupo e Associação Raiz de Polon, aconteceu a apresentação e lançamento do livro “Crónicas Soviéticas”, do autor Osvaldo Lopes da Silva, no Palácio da Presidência.

 

 

Fonte: Inforpress/Rivaldo Fernandes

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.